brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Portal Ideias Cast: Clínica Modula Dor entra para o mercado de franchising com negócio a partir de R$ 301,5 mil

A clínica é especializada no tratamento de dores crônicas, principalmente no foco da enxaqueca, e inicia plano de expansão através de franquias

O crescimento do mercado de saúde, beleza e bem-estar despertou o interesse do
neurologista, Márcio Siega, fundador da Clínica Modula Dor, a expandir o negócio por
meio do franchising. A clínica é especializada no tratamento de dores crônicas.

“O mercado está com muita demanda nesse sentido e pouco profissional especializado
para atender. A franquia vem justamente para atender essa demanda”, explica Siega.

A enxaqueca, que é uma das principais queixas tratadas na Modula Dor, se apresenta
com destaque nas causas de incapacidade em indivíduos abaixo de 50 anos, estando
entre as 20 doenças mais incapacitantes do mundo. Em sua forma crônica, ela tem
prevalência de 5,12% no Brasil, de acordo com dados epidemiológicos da Sociedade
Brasileira de Cefaleia.

“O segmento de tratamento para dores de cabeça ainda é muito tradicional no Brasil, sendo que a maioria dos pacientes segue indicações básicas e conservadoras para tratar suas dores. Cada vez mais, este tipo de tratamento se mostra ineficiente e cria uma demanda de mercado para o aparecimento de novas iniciativas na área”, aponta Siega.

Conceito slow medicine

Para os médicos que querem investir no tratamento de dores crônicas, apostar na
Modula Dor é uma opção para entrar no ramo com um nome de peso, tendo em vista
que é uma das primeiras clínicas do Brasil especializada em dor de cabeça, com
diferenciais como o conceito de slow medicine, que conta com atendimento sem
pressa, fisioterapia exclusiva, a gestão da experiência do paciente e controle de
qualidade e resultados. Além disso, a Modula Dor desenvolveu um aplicativo com um
“calendário da enxaqueca”, que permite a visualização e compartilhamento de
informações dos pacientes com os profissionais de saúde.

Perfil para empreender

De acordo com o fundador da empresa, os franqueados da Modula Dor devem
conhecer a região de atuação e ter afinidade com a marca e o segmento do mercado
da Modula Dor.

“Buscamos médicos que já trataram dores e desejam incrementar seu arsenal terapêutico, médicos das áreas afim ou tenham cursos de especialização em dor e desejam entrar nesse mercado de trabalho, fisioterapeutas de qualquer área ou administradores com interesse na saúde e contato com o perfil de profissionais citado”, explica Siega.

Suporte

A franquia Modula Dor garante aos franqueados todo o suporte necessário para
manter o padrão de qualidade da clínica, como análise da cidade de interesse; auxílio
no fechamento de parcerias com convênios médico; aprovação do ponto
comercial; projeto arquitetônico; parceria com fornecedores; apoio na implantação e
inauguração; treinamento inicial e de reciclagem; consultoria online e consultoria de
campo; gestão administrativa e financeira; apoio em casos clínicos/Portal de discussão
de casos; sistema de gestão da rede franqueadora.

Modelo de negócio

A Modula Dor possui dois modelos de negócios: o modelo com duas salas que oferece
operação simples e enxuta, com uma sala médica e uma sala de fisioterapia com a
identidade visual padronizada. Nesse formato o investimento inicial é a partir de R$
301,5 mil
, com margem de lucro de 17% e retorno do investimento previsto entre 24 a
36 meses. O faturamento bruto anual gira em torno de R$ 1 milhão.

Há ainda a opção com modelo de quatro salas, que é uma operação mais robusta e
conta com duas salas médicas, mais duas salas de fisioterapia com a identidade visual
padronizada. O investimento inicial é a partir de R$ 505 mil, com lucro de 16% e
payback entre 24 a 36 meses. O faturamento bruto também é bem atrativo e chega
em média a R$ 1,9 milhão anual.

Serviços

A Clínica Modula Dor é referência no tratamento de dor de cabeça e dores crônicas em
Brasília (DF), e agora expande através de franquias, focado em reduzir o grau de
incapacidade dos pacientes e melhorar sua qualidade de vida por meio de um
tratamento interdisciplinar de excelência e humanizado para controle da dor. Além
disso, os profissionais passam por capacitações profissionais em dor crônica e
pesquisas científicas na área de modo a ampliar o estudo do tema dor.

A Clínica é especializada no tratamento de dor de cabeça, especialmente enxaqueca, e
também de dores crônicas. Focada em aliviar as dores de cabeça e dores crônicas dos
pacientes, também busca recuperar a qualidade de vida, por meio de procedimentos
médicos como bloqueio de nervos periféricos, aplicação de toxina botulínica, aplicação
de anticorpos, além de um método de fisioterapia desenvolvido para cefaleia e dores
crônicas.

Fonte: Portal Ideias Cast

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
Jornal Alô Brasília: Pesquisa inédita revela os benefícios de medicamento específico para câncer de próstata na população brasileira

Um estudo da Oncoclínicas&Co, liderado pelo oncologista Paulo Lages, mostrou a eficácia do uso de uma droga já conhecida, o Acetato de Leuprorrelina, para pacientes brasileiros com câncer de próstata. Os resultados desta pesquisa foram apresentados no maior congresso de oncologia do mundo, o Encontro Anual da Sociedade Americana de

leia mais »