brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Metrópoles: Rei Charles: entenda se próstata aumentada é sinal de câncer

Oncologista explica que para distinguir o aumento benigno da glândula de um tumor é necessário uma série de exames, incluindo biópsia

O Palácio de Buckingham comunicou, na última segunda-feira (5/2), que o rei Charles III foi diagnosticado com câncer durante um tratamento de saúde que estava realizando para o aumento da próstata. Há muita especulação de que o tumor seria na região, mas as informações oficiais divulgadas pelos assessores do monarca negam.

O oncologista Daniel Vargas, que trabalha na Oncoclínicas Brasília, explica que o aumento da próstata nem sempre significa câncer e que esse é um quadro bastante comum após os 50 anos. A causa mais frequente para o aumento da próstata é a hiperplasia prostática benigna, um crescimento de células na região relacionado a mudanças hormonais.

Segundo estimativas médicas, cerca de 70% dos homens acima dos 70 anos têm hiperplasia prostática benigna, apresentando tumores benignos.

“O aumento da próstata não significa necessariamente que a pessoa tem câncer. Ao contrário, na maioria das vezes, se trata de outra condição. No entanto, o acompanhamento médico é necessário para que o tratamento seja encaminhado de maneira correta”, destaca o oncologista Daniel Vargas, da Oncoclínicas Brasília.

Para diferenciar o aumento benigno da próstata da presença de um câncer, o médico faz uma série de análises. A avaliação inclui exame de sangue, de toque, de ultrassonografia e/ou ressonância nuclear magnética. Em casos de dúvida persistente, pode ser feita uma biópsia, onde as células da glândula são avaliadas pelo microscópio para distinguir entre a hiperplasia e um tumor maligno.

Câncer de próstata

O câncer de próstata, por sua vez, é uma das neoplasias mais comuns entre homens idosos e o aumento da próstata é um sinal de alerta para investigação.

Em estágio inicial, o câncer de próstata possui sintomas sutis como necessidade de urinar mais vezes, diminuição do jato de urina, presença de sangue na urina ou no sêmen e disfunção erétil. Em estágio mais avançado, podem surgir dores no quadril, costas, coxas e ombros.

É possível prevenir?

Não há como prevenir o aumento da próstata, porém é possível reduzir as chances de desenvolver um câncer na glândula a partir de hábitos saudáveis, como fazer atividade física, ter uma dieta regulada, evitar bebidas alcoólicas e não fumar.

Fonte: Metrópoles

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
Jornal Alô Brasília: Pesquisa inédita revela os benefícios de medicamento específico para câncer de próstata na população brasileira

Um estudo da Oncoclínicas&Co, liderado pelo oncologista Paulo Lages, mostrou a eficácia do uso de uma droga já conhecida, o Acetato de Leuprorrelina, para pacientes brasileiros com câncer de próstata. Os resultados desta pesquisa foram apresentados no maior congresso de oncologia do mundo, o Encontro Anual da Sociedade Americana de

leia mais »