brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Saúde Business: Epharma recebe certificado em Gestão de Saúde Populacional

Modelo de certificação de GSP da Aliança para a Saúde Populacional é o primeiro da América Latina

A epharma é a terceira empresa habilitada a receber a certificação, após avaliação criteriosa dos pré-requisitos. “Este é o reconhecimento do nosso compromisso com a promoção da saúde e qualidade de vida das pessoas. A certificação demonstra o compromisso da empresa com os funcionários sobre os assuntos de saúde e, em um futuro próximo, vamos ampliar esse cuidado por meio de serviços aos parceiros e clientes”, afirma Eduardo Mangione, CEO da epharma. “Temos investido, continuadamente, em soluções inovadoras para ampliar o acesso aos cuidados em saúde e moldar a gestão de saúde populacional para o benefício de todos”, complementa.

Para a presidente da Asap, Paula Campoy, a certificação GSP é um marco importante para a área da saúde. “Ela direciona os esforços de processo e acelera o conhecimento envolvidos. Assim, podemos oferecer um cuidado mais eficiente e personalizado aos pacientes, contribuindo para a melhoria da saúde da população. É um benefício mútuo, tanto para as instituições de saúde quanto para os pacientes”, afirma Campoy.

O objetivo da certificação de GSP, segundo a Asap, é preconizar os padrões e requisitos para a avaliação das iniciativas (planejamento, execução e resultados) dos programas de promoção de saúde e prevenção de agravos de doenças, com foco na qualificação dos prestadores para programas estruturados em GSP.

Feita em parceria com o Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), a certificação é garantida às empresas visa orientar as Organizações que desejam e precisam desenvolver uma política e estratégia de saúde aos seus colaboradores, trazendo maiores resultados aos seus clientes. Todos os detalhes da certificação estão disponíveis no site.

Para Vívian Giudice, Diretora Executiva do Grupo IBES, a gestão da saúde e do bem-estar populacional é importante porque aumenta a qualidade de vida e o clima organizacional. “O que poucos sabem é que o programa culmina em maior lucro para a organização que o adota. A partir do momento em que a empresa institui programas de prevenção, saúde e bem-estar, consegue demonstrar a redução da utilização do plano de saúde pelos funcionários e negociar valores mais baixos num dos custos que mais vem aumentando ao longo dos anos no Demonstrativo de Resultados do Exercício. O programa de gestão da saúde populacional gera maior produtividade dos funcionários, além de ser uma grande estratégia de redução de custos para a previsão do cenário econômico de 2024. Certificar o programa de gestão da saúde populacional demonstra ainda, ao mercado e aos seus funcionários, que seus recursos estão alocados no que mais importa: a saúde e o bem-estar de suas pessoas”, ressalta a Diretora do Grupo IBES.

A epharma, fundada em 1999, trabalha para unir os ecossistemas de tecnologia e saúde, e criando conexões inteligentes entre os seus principais públicos: indústrias farmacêuticas, farmácias e drogarias, startups, setor público e empresas privadas de diversos segmentos. Pioneira ao lançar o Plano de Benefícios de Medicamentos (PBM) no Brasil, conta com mais de 40 mil farmácias e 2 mil clínicas e laboratórios de diagnóstico credenciados em mais de 3 mil munícipios pelo país.

Fonte: Saúde Business

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
Jornal de Brasília: Mitos e verdades sobre acupuntura para gestantes

A gestação é um momento mágico para grande parte das mulheres, mas também é um período cercado de dúvidas, medos e desconfortos físicos. Na gravidez, muitos remédios não são seguros. Uma alternativa é a acupuntura, médicos indicam a terapia para tratar vários incômodos como, por exemplo, enjoos, azia, dores nas

leia mais »