brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Jornal de Brasília: Economista da dicas de como economizar em meio a inflação

Foto: Reprodução/Jornal de Brasília

Com a alta da inflação, alguns pontos da vida do brasileiro tem pesado no bolso no fim do mês. O economista Ciro de Avelar da dicas de como combater a inflação e como organizar as finanças em meio a crise.

Em 2021, o custo do transporte foi o que mais doeu no bolso dos brasileiros: com uma inflação de 21,03%, influenciado pelos combustíveis, com o encarecimento do etanol (62,2%), da gasolina (47,5%) e do diesel (46%). Isso por conta do aumento do preço do petróleo no mercado internacional, da taxa de câmbio ampliando o custo de aquisição e da política de preços adotada pela Petrobras.

O economista destaca que depois do transporte, o grupo de habitação teve uma alta de 13,05%, influenciada pelo aumento no preço do botijão de gás (36,9%), da energia elétrica residencial (21,2%); e dos alimentos (7,94%).

“Apesar das grandes contas merecerem atenção, podemos fazer cortes em itens que gastamos sem perceber. São aquelas despesas pequenas que não colocamos no papel e quando percebemos estamos no vermelho. De R$50,00 em R$50,00 chegamos a R$1.000,00 rapidinho, por isso é importante colocar todos os gastos no papel”, alerta Ciro.

A ordem agora é apertar os cintos até a situação melhorar, por isso, o Ciro de Avelar separou sete dicas em tópicos para ajudar a organizar as finanças.

Dicas para economizar nas finanças:

  • Combustíveis: diminua o uso do ar-condicionado, ele faz o carro consumir mais combustível. Confira a pressão dos pneus, já que pneus murchos geram mais atrito com a via e fazem a gasolina render menos. Se estiver parado no semáforo nada de acelerar, isso também aumenta o consumo do automóvel.
  • Energia: a dica é simples, tire da tomada todos os aparelhos que não tiver usando. Ao lavar as roupas pendure-as com cabine, assim elas saem praticamente passadas. Ao usar o ferro, passe as peças mais delicadas primeiro. Ao final, você pode desligar o ferro e aproveitar seu calor para passar roupas leves. Entre às 17h e 22h a energia fica mais cara, então evite tomar banho nos horários de pico.
  • Gás: o fogão precisa estar sempre com as bocas limpas. Coloque os grãos de molho 12 horas antes de ir ao fogo, assim eles cozinham mais rápido. Sempre que possível use panela de pressão, elas cozinham mais rápido.
  • Água: ao escovar o dente feche a torneira e desligue o chuveiro ao se ensaboar. Confira o vaso sanitário e as torneiras para encontrar possíveis vazamentos. Reaproveite a água da chuva para levar quintal e molhar as plantas. Otimize a máquina de lavar roupas.
  • Vestimenta: escolha outlets, brechós e faça pesquisa pela internet. Compre roupas de verão no inverno e vice-versa, assim você vai encontrar produtos mais baratos. Manter o armário organizado reduz a sensação de falta de peças.
  • Mercado: estabeleça um valor máximo para as compras mensais e a cada ida ao mercado ou na feira. Armazene os produtos de forma adequada e fique de olho na data do vencimento. Evite compras mensais ou muito grandes, ao encher o carrinho, o risco de incluir itens que a família não precisa é maior. Não leve crianças ao supermercado. Veja se há programa de fidelidade ou descontos no mercado.
  • Habitação: tente renegociar o contrato de aluguel, caso não de dê certo se programe para talvez mudar para outro bairro ou imóvel menor, calculando os custos com pintura e transporte.
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
The Epoch Times: Sindicato da Abin avalia gestão Lula como “governo do desmonte” e anuncia “operação padrão” de servidores

Os servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) comunicaram o início de uma “operação padrão”, a partir de segunda-feira (22). O anúncio é do sindicato União dos Profissionais de Inteligência de Estado (Intelis), que ainda chama o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de “governo do desmonte”, por meio de nota. Operação

leia mais »