brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Correio Braziliense: Desparasitação: especialistas defendem cuidado especial após as férias

Processo de desparasitação consiste em eliminar os parasitas que estão no corpo humano para evitar infecções

Nas férias, é costume passear, seja no parque, na praia, na piscina ou em demais espaços públicos — que podem estar suscetíveis a infecção por parasitoses, doenças causadas por parasitas. Dessa forma, especialistas recomendam realizar a desparasitação, um processo de eliminação dos parasitas que podem estar infestados no organismo.

Primeiramente, é necessário identificar qual é o diagnóstico: ou seja, qual o parasita que pode estar infectando o paciente. “O ideal é fazer análise das fezes para saber quais são os principais parasitas que o paciente pode ter adquirido naquele período. Existem parasitas que estão em nosso meio e não fazem mal ao organismo, mas em grande quantidade, podem causar malefícios para o corpo”, explica ao Correio Werciley Júnior, coordenador de Infectologia do Hospital Santa Lúcia.

Caso sinta os sintomas ou suspeite que possa ter tido contato com parasitas, a pessoa deve procurar um clínico-geral ou infectologista. “(A desparasitação) é recomendada para qualquer público, mas principalmente para as crianças e pessoas que possuem pet”, ressalta a farmacêutica Flávia Ribeiro ao Correio. Pessoas que moram em áreas rurais também estão mais suscetíveis às parasitoses, acrescenta Werciley.

Depois de identificado o agente causador da parasitose, o processo segue com o tratamento para eliminar a infestação, que consiste em medicamentos para expulsar o agente parasita.

Cuidados

Para se proteger das parasitoses, são necessários alguns cuidados, elencados pelo nutricionista Omar de Faria Neto:

  • Lavar as mãos com frequência, principalmente após usar o banheiro e ir a locais públicos e antes das refeições;
  • Lavar bem frutas, legumes e verduras antes de comer;
  • Evitar andar sem calçado, já que alguns parasitas entram no corpo através da pele;
  • Dar vermífugo para os gatos e cachorros. Eles também têm uma maior chance de se infectar.

Fonte: Correio Braziliense

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
Jornal Alô Brasília: Pesquisa inédita revela os benefícios de medicamento específico para câncer de próstata na população brasileira

Um estudo da Oncoclínicas&Co, liderado pelo oncologista Paulo Lages, mostrou a eficácia do uso de uma droga já conhecida, o Acetato de Leuprorrelina, para pacientes brasileiros com câncer de próstata. Os resultados desta pesquisa foram apresentados no maior congresso de oncologia do mundo, o Encontro Anual da Sociedade Americana de

leia mais »