brasília: 61 3327-9889   |  são paulo: 11 2619-0618

adm.midiaeconexao@gmail.com

Correio Braziliense: Brasília está em alerta amarelo por risco de forte onda de calor

O aviso do Inmet aponta para leve risco à saúde, devido a temperatura 5ºC acima da média por período de 2 até 3 dias. O alerta termina hoje, às 16h

 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

O Distrito Federal está sob aviso de alerta amarelo devido a forte onda de calor que atinge a região central do país. O aviso emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) se deve ao risco à saúde devido a temperatura em torno de 5ºC acima da média esperada para o mês por um período de 2 a 3 dias.

Meteorologista do Inmet, Heráclio Alves explica que nesta quarta-feira (14/9) a previsão é de céu com poucas nuvens e baixa umidade “devido a massa de ar quente e seca que predomina na região central do país”. A temperatura mínima registrada hoje foi de 10ºC na região de Águas Emendadas (Planaltina), e 18ºC no Plano Piloto, enquanto isso a máxima registrada do dia deve ficar em torno de 35ºC, a exemplo do que ocorreu na terça (13/9).

A umidade relativa do ar varia ao longo do dia. “O máximo será de 70%, mas no horário mais quente da tarde, deve cair para até 10%”, alerta Heráclio. A temperatura se mantém sem grandes alterações ao longo da semana.

A boa notícia para quem não aguenta mais as altas temperaturas é que a onda de calor começa a perder força depois de hoje. “Mas a baixa umidade continua. Entre sexta e sábado, com o alívio relacionado a umidade, há chance de alguma chuva isolada, um crescimento da nebulosidade e um alívio na temperatura, que deve ficar entre 32ºC e 33ºC de máxima”, afirma.

Cuidados

A reportagem do Correio conversou com o médico otorrinolaringologista da Clínica OtorrinoDF, Stênio Ponte, para colher dicas de como amenizar os efeitos do calor e da seca. O otorrinolaringologista alerta que as vias aéreas como nariz, laringe e pulmões ficam mais suscetíveis às alterações climáticas. “As vias nasais ficam mais sensíveis e os sangramentos são mais comuns. Para evitar esse tipo de problema é importante fazer a hidratação do nariz e a lavagem com soro”, pontua.

Veja as orientações do profissional:
1 – Evite longos períodos sem consumir água. Tenha uma garrafinha de água e beba mesmo sem sentir sede.
2 – Mantenha a casa ou local de trabalho limpo para evitar o acúmulo de poeira e agentes que causam alergias respiratórias. Evite ar-condicionado e prefira abrir as janelas e usar umidificador de ar.
3 – Não pratique atividades físicas nos horários de alta incidência solar. Evite se expor ao sol, não faça longas caminhadas ou exercícios de alta intensidade nos horários mais quentes do dia.
4 – Evite locais fechados e com grande aglomeração de pessoas, pois pode ocasionar, nesse tipo de ambiente, a disseminação de infecções.

Fonte: Correio Braziliense

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
The Epoch Times: Sindicato da Abin avalia gestão Lula como “governo do desmonte” e anuncia “operação padrão” de servidores

Os servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) comunicaram o início de uma “operação padrão”, a partir de segunda-feira (22). O anúncio é do sindicato União dos Profissionais de Inteligência de Estado (Intelis), que ainda chama o mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de “governo do desmonte”, por meio de nota. Operação

leia mais »